Boas chances de emprego para quem tem formação técnica

Das 246 vagas abertas nas agências do trabalhador nesta sexta (21), 36 são para quem tem cursos em áreas como alimentos, edificações e enfermagem

2382

Trinta e seis vagas para técnicos fazem parte da tabela de oportunidades das agências do trabalhador, nesta sexta-feira (21). Os contratados receberão, mensalmente, entre R$ 1,2 mil e R$ 2.633, mais benefícios. Os trabalhos são para técnicos de alimentos, de edificações, de eletricidade, enfermagem, suporte ao usuário de tecnologia da informação, manutenção de máquinas e de mecânica de ar-condicionado.

Há oportunidades também para pessoas com deficiência: auxiliar de pedreiro, pedreiro de concreto e atendente de lanchonete

Duas profissões têm a mesma quantidade de vagas, um total de 23, sendo o maior número de oferta do dia. São elas instalador/reparador de redes telefônicas de comunicação de dados e pesquisador de informações de rede. O salário é o mesmo: R$ 1.212, mais benefícios. A diferença é que para instalador basta ensino fundamental. Para a outra, é preciso o nível médio de escolaridade.

Há oportunidades, inclusive, para pessoas com deficiência: atendente de lanchonete (14), auxiliar de pedreiro (3) e pedreiro de concreto (4). Apenas para atendente exige-se nível médio. Os salários são de R$ 1.221 e R$ 1.870, mais benefícios.

Quatro áreas pedem profissionais de nível superior. Além da já citada vaga para técnico de suporte, o mercado está em busca de analista de planejamento financeiro (1), que receberá R$ 2,5 mil mensais; professor de administração (1), com salário de R$ 1,5 mil; e psicólogo do trabalho (2), com a maior remuneração do dia, no valor de R$ 7.067.

Dúvidas sobre qualquer um dos serviços prestados pela Secretaria de Trabalho, responsável pelas agências do trabalhador, podem ser esclarecidas pelo (61) 99209-1135

Ao todo estão sendo ofertadas 246 vagas de emprego. Para se candidatar a qualquer delas, há dois caminhos: presencial, indo a uma das 14 agências, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo aplicativo Sine Fácil. Mesmo que o candidato não se encaixe em um dos perfis das vagas disponibilizadas no dia, o sistema poderá cruzar informações e encontrar uma oportunidade de acordo com as especificações do currículo.

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências do trabalhador. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria do Trabalho.

A secretaria também disponibiliza o número de telefone para atendimento em caso de dúvidas referentes a qualquer um dos serviços prestados pela pasta, responsável pelas agências do trabalhador: (61) 99209-1135.

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Times Brasília