Processo seletivo para contratação de 200 médicos temporários é divulgado

Candidatos terão de 26 de fevereiro a 3 de março para se inscreverem. Salários iniciais são de cerca de R$ 10 mil

0
387

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) divulgou, nesta sexta-feira (23), o edital de processo seletivo para contratação de 200 médicos generalistas temporários. Os interessados poderão se inscrever das 8h de 26 de fevereiro até as 23h59 de 3 de março. A banca organizadora é o Instituto AOCP e os inscritos serão avaliados por meio da análise curricular, com pontuação destinada à avaliação de títulos e à experiência profissional.

As vagas estão distribuídas em: 100 para ampla concorrência, 40 para pessoas com deficiência (PcD), 40 para negros e 20 para pessoas hipossuficientes. A carreira conta com jornada de 20 horas semanais e remuneração bruta de R$ 10.046,97.

Para participar da seleção, é preciso ter diploma de conclusão de curso de graduação em medicina, devidamente registrado e expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, além de registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), com jurisdição na unidade da Federação do Distrito Federal.

Os critérios de pontuação e classificação ocorrerão conforme as informações prestadas pelo candidato na hora da inscrição e retificados por comissão de avaliação de documentação, referente à titulação ou experiência profissional. Conforme o cronograma, o resultado preliminar está previsto para ser divulgado em 8 de março e as convocações, em 28 de março.

O reforço dos profissionais soma-se aos esforços da SES-DF no combate à dengue e os médicos também atuarão nas emergências, conforme declarou a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio. “Hoje, nós temos um déficit muito grande nas nossas portas de emergência e nos serviços de atendimento móveis de urgência. Esses médicos vêm ao encontro desta necessidade. Além de atender aos pacientes com sintomas de dengue, também irão compor as equipes no âmbito de urgência”, enfatizou.

Nomeações

Como medida para aumentar as forças no combate à dengue, a SES-DF divulgou, na última quarta-feira (21), as nomeações de 484 profissionais de saúde: 33 médicos, 156 enfermeiros, 180 técnicos em enfermagem e 115 agentes comunitários de saúde (ACSs).

Entre outras iniciativas para assistência e vigilância realizadas pela Saúde, estão as tendas de hidratação, a contratação de 150 agentes de vigilância ambiental (Avas), a ampliação do horário de atendimento das unidades básicas de saúde (UBSs) e a veiculação do fumacê nas regiões administrativas.

Para a contratação dos médicos temporários e nomeação de demais carreiras, o GDF vai investir R$ 59,9 milhões. Os recursos estão garantidos pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024.

De acordo com a secretária de Saúde, os profissionais recém-nomeados servirão como reforço, em especial, para as Unidades Básicas de Saúde (UBS), que necessitam de mais força de trabalho neste período de dengue. “Os agentes comunitários vão para a Atenção Primária em Saúde e serão o elo com a população. Os enfermeiros generalistas atuarão nos hospitais, porque muitos enfermeiros de família e comunidade estão atuando na atenção hospitalar. Já para os técnicos em enfermagem, iremos priorizar os hospitais com clínica médica, onde temos pronto-socorro, para aumentar esse cuidado com os pacientes com dengue”, detalhou a gestora.

Confira as nomeações dos profissionais:

Médicos generalistas temporários: DODF 23/02/2024, páginas 55-59

Médicos especialistas: DODF Edição Extra A 21/02/2024, página 3

Enfermeiros, técnicos e agentes comunitários: DODF Edição Extra B 21/02/2024, páginas 10-12.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Por Agência Brasília 

Foto: Jhonatan Cantarelle/Agência Saúde-DF / Reprodução Agência Brasília