Hospital de Sobradinho faz ensaio de Natal com bebês da UTI

Equipe fantasiou recém-nascidos e preparou cenário de presépio com o tema Menino Jesus na Manjedoura

0
608

A magia do Natal invadiu a UTI Neonatal do Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Ação dos servidores transformou o espaço com fantasias e cenário especial para um ensaio fotográfico com os temas Papai Noel e Menino Jesus na Manjedoura. Ao todo, 22 bebês foram fotografados.

Na UTI Neonatal (UTIn), os cliques precisaram ser feitos de dentro das incubadoras, enfeitadas com bolas de Natal e flores douradas. Já os recém-nascidos – envoltos em uma manta vermelha – trajaram gorro vermelho e cinto do Papai Noel, confeccionado em EVA, material que não contém substâncias tóxicas.

Já os bebês que estão na Unidade de Cuidado Intermediário Convencional (Ucin Convencional) e na Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (Ucinca) foram fotografados em um presépio cuidadosamente preparado pela equipe. Os recém-nascidos ficaram no centro da manjedoura, em alusão ao nascimento de Jesus.

“Na UTIn, são bebês em estado grave. Por isso, o ensaio ocorre mantendo eles dentro da incubadora. Os da Ucin convencional, como são bebês em condições de saúde melhores, saem da incubadora”, explica a coordenadora de Enfermagem da UTI Neonatal do HRS, Valquíria Vicente da Cunha Barbosa.

Todo o preparo e a caracterização dos bebês ficaram a cargo da própria equipe de enfermagem e outros profissionais da equipe multiprofissional. Eles também confeccionaram os adereços individuais utilizados no ensaio.

Para a enfermeira assistencial da UTI Neonatal do Hospital de Sobradinho, Thays Wanderley Duarte, a dinâmica é um momento de humanização do ambiente. “A ideia é tentar desvincular um pouco a ideia de que a UTI é um local tenso, triste”, avalia. “É muito gratificante não só para a gente. Vemos o sorriso dos pais, dos acompanhantes. Fazemos tudo com muita responsabilidade. Todas as roupinhas são higienizadas e individuais”, completa. As fotos tiradas pela equipe serão enviadas para os pais via WhatsApp.

Bebê modelo

Aconchegada em um tecido branco que contrastava com o cenário, Jullye Pereira, de 1 mês e 18 dias, posou no presépio dentro da manjedoura, rodeada de palha e acompanhada de Maria, José, os Três Reis Magos e animais. Mãe da modelo, Keyde Rafaela Pereira, de 29 anos, falou sobre a emoção.

“Quando chegamos na UTI, ela estava toda entubada, foi uma montanha-russa. Um dia a gente ri, daqui a pouco chora. É lindo ver o desenvolvimento dela. Quando vem uma surpresa como essa, é maravilhoso. Nos faz ter fé e esperança de aguentar mais um pouquinho, pois já vamos sair daqui, é só uma fase. Só falta ela aprender a mamar e vamos para casa”, afirma. Este foi o segundo ensaio de Jullye, que estreou na campanha do Novembro Roxo, “Lute como um prematuro”.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF / Reprodução Agência Brasília