GDF recebe troféu internacional por estratégias de segurança no trânsito

Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) foi contemplada com o Prêmio Global de Segurança Rodoviária, da Federação Rodoviária Internacional (IRF), que destacou a campanha Brasília Vida Segura

0
158

A Federação Rodoviária Internacional (International Road Federation – IRF) concedeu o Prêmio Global de Segurança Rodoviária à Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), como reconhecimento pela liderança da pasta para impulsionar as estratégias de segurança no trânsito. A premiação ocorreu na 5ª Conferência e Exposição IRF Global R2T, em Washington DC.

“É o reconhecimento de um trabalho que nós executamos em parceria com diversas secretarias e órgãos do GDF e da esfera federal, juntamente com a Ambev e a Consultoria Falconi”Valter Casimiro, secretário de Transporte e Mobilidade

O prêmio deste ano dá atenção especial aos esforços empreendidos pelo setor público para coordenar programas que se baseiam em uma avaliação cuidadosa dos dados de acidentes e fragilidades institucionais. De acordo com a IRF, “as práticas estabelecidas pela Secretaria de Transporte e Mobilidade como parte da campanha Brasília Vida Segura refletem plenamente esses princípios e são um modelo a ser seguido”.

O Brasília Vida Segura (BVS) é um programa instituído pelo GDF para prevenção de acidentes de trânsito e redução do número de feridos e óbitos, de acordo com as metas e diretrizes da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OEA).

“É o reconhecimento de um trabalho que nós executamos em parceria com diversas secretarias e órgãos do GDF e da esfera federal, juntamente com a Ambev e a Consultoria Falconi”, explicou o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro.

Além da Semob, o Comitê de Segurança Viária do DF é composto pelas secretarias de Segurança Pública, de Saúde e de Educação, além do Detran, DER, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Novacap, Samu, Polícia Rodoviária Federal e DNIT.

O trabalho do Comitê de Segurança Viária, que reúne representantes desses órgãos, consiste em identificar as causas dos acidentes e analisar os dados para criar políticas públicas voltadas para os envolvidos no trânsito e a solução dos problemas viários.

De 2018 a 2020, as ações do programa Brasília Vida Segura salvaram 525 vidas, resultando em economia de cerca de R$ 350 milhões para o governo, recursos que seriam gastos em socorro às vítimas e previdência social. O BVS tornou-se referência na prevenção de acidentes de trânsito e o GDF institucionalizou o programa para mais uma década, com objetivo de reduzir os atuais índices em 50%, até 2030.

Prêmio Global

O Prêmio Global de Segurança Viária, entregue à Semob na sexta-feira (4), foi instituído pela IRF em 2012, em reconhecimento aos entes de diversos países que se destacaram na Década de Ação das Nações Unidas para a Segurança Viária. Todos os anos, o prêmio distingue o excelente compromisso de um governo local ou nacional com rodovias mais seguras.

*Com informações da Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Reprodução Agência Brasília