GDF negocia parcerias em educação e sustentabilidade com Bruxelas

Encontro promovido pelo Escritório de Assuntos Internacionais também discutiu cooperações internacionais nas áreas de cultura, empreendedorismo, políticas de gênero, entre outras

24042

“Nosso papel é contribuir ainda mais para a internacionalização de Brasília. A apresentação das ações do GDF para a representação de Bruxelas-Capital é mais um meio pelo qual visamos estreitar os laços e as parcerias com a Bélgica. A troca de experiências e cooperação internacional é benéfica para todos os envolvidos”Renata Zuquim, chefe do EAI

O Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do Distrito Federal (EAI/GDF) organizou um encontro no Parque Tecnológico de Brasília (Biotic) que reuniu representantes de diversos setores do GDF, Biotic e da Hub.Brussels — o escritório de representação da região belga de Bruxelas-Capital. O intuito foi a apresentação de ações e projetos que possam integrar futuras parcerias entre Bruxelas e o DF.

A reunião foi conduzida pela chefe do EAI, Renata Zuquim. “Nosso papel é contribuir ainda mais para a internacionalização de Brasília. A apresentação das ações do GDF para a representação de Bruxelas-Capital é mais um meio pelo qual visamos estreitar os laços e as parcerias com a Bélgica. A troca de experiências e cooperação internacional é benéfica para todos os envolvidos”, garante Zuquim.

Na ocasião, o GDF apresentou iniciativas nas áreas de educação, sustentabilidade, cultura, empreendedorismo, políticas de gênero, entre outras. Estiveram presentes representantes das secretarias de Cultura e Economia Criativa do DF, da Mulher, de Projetos Especiais, do Meio Ambiente, Universidade do Distrito Federal, Fundação de Apoio à Pesquisa e Biotic.

Representando a Hub.Brussels estiveram a vice-CEO global do escritório, Annelore Isaac; o diretor das Américas, Laurent Lamberts; e o comissário para Comércio e Investimento, Dieter Poleyn. Também acompanhou o encontro, nesta terça-feira (14),  a conselheira da Embaixada da Bélgica no Brasil, Delphine Charles.

“Estou impressionada com as políticas do Distrito Federal para promover inovação, startups, economia sustentável, inclusão pela educação, mulheres e o meio-ambiente”, diz Annelore. “O painel de palestrantes de alta qualidade trouxe a Bruxelas uma boa percepção do escopo de atividades que Brasília conduz. Em Bruxelas, a mudança da cidade e da economia para um modelo verde e inclusivo é um desafio que também abraçamos”, ressalta a vice-CEO.

Sobre a Hub.Brussels

A Hub.Brussels é a agência da região de Bruxelas-Capital para a promoção internacional da região, com ênfase em atividades econômicas e comerciais. Foi lançada em 1º de janeiro de 2018, como resultado da fusão entre a Atrium.Brussels, Brussels Invest & Export e Impulse.Brussels.

Seu escritório no Brasil foi aberto em outubro de 2021, em São Paulo, com o objetivo de promover a exportação e aconselhamento a empresas sediadas em Bruxelas no seu desenvolvimento de negócios no Brasil; apoiar o investimento de empresas brasileiras na região de Bruxelas-Capital; e promover a região de Bruxelas-Capital no Brasil.

Convergência

Assim como Brasília, Bruxelas é uma cidade administrativa. Considerada como “capital” da União Europeia, a região Bruxelas-Capital abriga diversas instituições e organizações internacionais, assim como o Distrito Federal.

Outro ponto em comum entre Bruxelas e Brasília é o fato de ambas buscarem a implementação da Agenda 2030 por meio de inúmeras iniciativas. Além disso, as duas cidades concentram suas atividades econômicas nos setores de serviços e comércio.

*Com informações do Escritório  de Assuntos Internacionais do GDF

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Divulgação Eia-GDF