Tecnologia garante impermeabilização perfeita no Túnel de Taguatinga

Equipamento usa pulsos elétricos para detectar falhas na manta asfáltica, material essencial para manter as lajes de concreto livres de infiltrações

3858

As aparências podem enganar no canteiro de obras do Túnel de Taguatinga. Quem acompanha de longe a impermeabilização dos pavimentos pode jurar que os operários estão passando um rodo por cima da manta asfáltica. Basta chegar pertinho, no entanto, para perceber que o rodo em questão tem cabo de energia elétrica e emite sinais sonoros.

Equipamento de nome estrangeiro e fabricação nacional, o holiday detector traz a garantia de uma impermeabilização perfeita. A ferramenta é usada para testar a estanqueidade da manta asfáltica – material de poliéster com quatro milímetros de espessura usado para proteger a laje de concreto.

“Passamos o holiday por toda a extensão da manta asfáltica depois de sua instalação. O equipamento emite pulsos elétricos que detectam qualquer falha na colocação ou no material”, explica o secretário de Obras, Lúcio Carvalho de Oliveira. “Ao detectar furos, microfissuras ou descontinuidades, o aparelho começa a apitar.”

A manta asfáltica é responsável por garantir maior vida útil às lajes de concreto. Qualquer defeito no processo de instalação da camada de poliéster pode permitir a passagem de água e comprometer a impermeabilização da obra.

O operário Alessandro Gomes dos Santos, um dos responsáveis pela impermeabilização do túnel, nunca havia usado o holiday. “Eu me sinto muito mais seguro sabendo que o trabalho está perfeito”, comenta. “Todas as falhas são corrigidas no ato, só damos continuidade ao serviço depois de uma nova inspeção do aparelho.”

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília