Detran-DF começa a exigir biometria para categoria B

Procedimento passa a ser obrigatório para a renovação de CNH, reabilitação, transferência de unidade da Federação, mudança ou adição de categoria

12355

A partir da próxima terça-feira (1°), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) torna obrigatória a coleta biométrica para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B. Antes o procedimento era facultativo para esses condutores. Com isso, a identificação biométrica passa a ser exigida para todos os candidatos e condutores nos processos relativos à habilitação no Distrito Federal.

O Detran-DF começou a implantar a coleta biométrica em 4 de agosto de 2018 e, de forma gradativa, foi contemplando os diversos processos relacionados à habilitação. O cadastro biométrico já é exigido para a renovação da CNH nas categorias A, AB, AC, AD, AE, C, D e E, assim como é obrigatório para a abertura do processo de habilitação, reabilitação, transferência de unidade da Federação, mudança ou adição de categoria.

Biometria

O procedimento de coleta e armazenamento da biometria (fotografia, assinatura e impressões digitais) é realizado para a identificação de candidatos e condutores e tem o objetivo de garantir mais segurança e eficácia no processo de habilitação, pois reduz a possibilidade de fraudes e erros.

A coleta biométrica é a etapa inicial; por isso, tanto o candidato à habilitação quanto o condutor que pretende renovar a CNH devem fazer primeiramente a identificação biométrica. Após o procedimento, podem prosseguir com as demais etapas dos processos de habilitação ou renovação.

O agendamento para a realização do serviço de coleta biométrica deve ser feito pelo site do Detran-DF, pelo Portal de Serviços ou por meio do aplicativo Detran Digital, disponível nas lojas App Store e Google Play. O usuário pode escolher o local e o horário em que deseja fazer a coleta, devendo comparecer, sem atraso, no dia marcado, portando um documento original de identificação, o CPF e um comprovante de residência.

*Com informações do Detran-DF

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Detran-DF