DF não vai obrigar atestado médico para vacinar crianças, diz Ibaneis

Governador do Distrito Federal confirmou ao Correio que não vai exigir atestado médico para crianças de 5 a 11 anos se vacinarem contra a covid-19 no DF

3799

As crianças de 5 a 11 anos não vão precisar apresentar atestado médico ao se vacinarem contra a covid-19 no Distrito Federal. A decisão é do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que confirmou a informação ao Correio. “Vamos aguardar a disponibilidade das vacinas”, comentou o chefe do Executivo local sobre os detalhes da vacinação dos pequenos.

Na quinta-feira (23/12), o Ministério da Saúde indicou que recomendará a vacinação contra a covid-19 de crianças mediante apresentação de prescrição médica e termo de consentimento. O comunicado foi divulgado pela pasta federal no mesmo dia em que foi aberta uma consulta pública para avaliar a inclusão do grupo pediátrico na campanha de vacinação contra o novo coronavírus. 

Ainda nesta sexta-feira, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) contrariou a pasta. A entidade informa que não será necessário nenhum documento de médico para recomendar que as crianças tomem a vacina quando a imunização deste grupo for iniciada no país.

Por Pedro Marra do Correio Braziliense com informações de Sandra Barreto

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil