Governo inicia troca de grama sintética em cinco campos públicos

Investimento em infraestrutura esportiva totaliza R$ 1,5 milhão para a substituição total dos gramados, nivelamento de piso e serviços adicionais

0
16

A Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal (SEF-DF) deu início às reformas de cinco campos sintéticos distribuídos em diferentes regiões do DF, como parte de seu compromisso contínuo com o desenvolvimento esportivo local.

Com um investimento total de R$ 1,5 milhão, os campos que serão revitalizados incluem o do Centro Olímpico e Paralímpico do Parque da Vaquejada, Centro Olímpico Rei Pelé, campo sintético na QNJ em Taguatinga, EQNN 01/03 de Ceilândia e da Quadra 8 do Setor Sul do Gama. As obras já foram iniciadas no Parque da Vaquejada.

O secretário da pasta, Renato Junqueira, destacou a importância desta ação para a comunidade esportiva local. “A reforma desses campos sintéticos é fundamental para oferecer instalações adequadas e de qualidade aos nossos atletas e à população em geral. Estamos comprometidos em proporcionar condições ideais para o desenvolvimento do esporte em todas as regiões do Distrito Federal.”

As obras de reforma abrangem diversas etapas, desde a retirada da grama atual até o nivelamento do piso, aplicação de manta amortecedora e instalação final da nova grama sintética.

“A iniciativa reforça o compromisso do governo local em promover a prática esportiva e melhorar a infraestrutura esportiva da nossa cidade. Essas melhorias visam não apenas aprimorar as condições de jogo, mas também promover a segurança e o conforto dos atletas e usuários desses espaços esportivos”, acrescentou o gestor.

Este ano, a Secretaria de Esporte e Lazer já entregou três campos sintéticos, localizados no Paranoá, na Feira do Produtor e no Taquari. O prazo estimado para a conclusão da reforma dos campos sintéticos é para a primeira quinzena de maio de 2024.

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/SEL / Reprodução Agência Brasília