Garis recolhem mais de 4 toneladas de lixo nos blocos de domingo no DF

Mais de 336 servidores fizeram a limpeza dos resíduos gerados pelos foliões nas regiões do Distrito Federal que receberam festas carnavalescas

0
694

A equipe do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) percorreu mais de 20 pontos no domingo de Carnaval para realizar a limpeza dos resíduos descartados durante a folia. Foram 4,7 toneladas de lixo recolhidas pelos 336 garis que se distribuíram pelas regiões administrativas do DF. A maior concentração de descarte foi no Plano Piloto, com cerca de 1,6 tonelada de resíduos gerados e recolhidos pelas equipes.

“Em 2023, o DF teve o Carnaval mais limpo de todos os tempos. Foi um resultado que nos encheu de orgulho e que mostrou o compromisso da população e dos blocos com a limpeza e a preservação do meio ambiente. Por isso, convidamos os blocos a se conscientizarem para manter este feito também neste ano”, afirmou o presidente do SLU, Silvio Vieira.

Durante toda a folia no DF, mais de 5 mil garis trabalham na varrição e catação dos resíduos, com o apoio de aproximadamente 500 equipamentos. Também foram instalados 40 papa-recicláveis em pontos estratégicos da cidade e mais de 21 mil lixeiras em todas as regiões administrativas.

Carnaval referência

As festas de 2023 foram consideradas as mais limpas da série histórica do DF em relação à quantidade de resíduos recolhidos. Em cinco dias, o SLU retirou cerca de 26,6 toneladas de resíduos nas áreas do Plano Piloto e em Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Brazlândia e Estrutural.

Em 2019, houve a coleta de 49,7 toneladas, e, em 2018, de 82 toneladas. Ano passado, a força-tarefa de limpeza contou com 1.167 garis, além de 20 fiscais por dia e 38 veículos para ações de limpeza e fiscalização. Foram utilizados mais de 8,4 mil sacos de lixo.

Por Thaís Miranda Agência Brasília

Foto: Divulgação/ SLU / Reprodução Agência Brasília