Dengue no DF: “Temos uma superlotação de UTIs”, diz Celina Leão

O DF já registrou 29,5 mil casos da doença desde o início deste ano. A vice-governadora foi questionada sobre a situação da dengue na capital durante a formatura do RenovaDF

0
582

No evento de formatura dos alunos do 5º ciclo do programa RenovaDF, na manhã desta quinta-feira (1º/2), a vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão, destacou que as unidades de terapia intensiva (UTIs) da rede pública da capital estão superlotadas. A cidade vive uma epidemia da doença com mais de 29,5 mil casos registrados desde o início deste ano. Na ocasião, Celina também fez um apelo para que a população não descarte lixo de forma irregular nas ruas do DF.

Questionada sobre a situação alarmante da dengue no DF, a vice-governadora destacou que é preciso pensar na saúde pública de forma geral. “Hoje, temos superlotação de UTIs em toda a rede. Cada um precisa ajudar como puder, seja cuidando das suas casas, procurando os focos de dengue, evitando o descarte irregular de lixo”, ressaltou Celina.

A vice-governadora enfatizou que a população precisa estar consciente em relação ao descarte de lixo nas vias públicas. “A dengue deixa claro outros problemas que a nossa sociedade tem e que a gente precisa repensar. Vivemos de forma coletiva e cada um tem um papel. O Estado vai e retira o lixo, a pessoa vai e coloca o lixo de novo, despejando na rua”, avaliou. “O maior pedido que nós temos na ouvidoria hoje é de carro fumacê e de retirada de lixo”, disse.

Segundo Celina, o GDF tem feito grande retirada de lixo das ruas da capital. “Nós temos cidades como Samambaia com mais de 30 toneladas de lixo retiradas. O custo disso sai do bolso do cidadão com impostos. Nós limpamos muitas áreas, mas infelizmente algumas delas ficam sujas de novo mesmo com a crise de dengue. Não adianta a gente limpar e o cidadão sujar. É uma responsabilidade de todos nós”, completou.

Celina afirmou ainda que o Governo do DF enviou um ofício ao Ministério da Saúde para que a capital receba as vacinas contra a dengue com urgência. “O GDF está todo mobilizado. Enviamos um ofício para a Ministra da Saúde pedindo já na primeira semana as vacinas. Há uma expectativa que essa vacina chegue rapidamente no DF”, pressupôs a vice-governadora.

Por Júlia Eleutério do Correio Braziliense

Foto: Geovana Albuquerque/ Agência Brasilia / Reprodução Correio Braziliense