Sítio das Neves ganha placa de Área de Servidão Ambiental Perpétua

Em uma comemoração informal, familiares, ecologistas e amigos de Eugênio Giovenardi prestaram homenagem no local da placa, e passearam pelo cerrado recuperado

0
631

O Sítio das Neves é agora o primeiro patrimônio natural perpétuo do Distrito Federal. Neste sábado (13/1), familiares, ecologistas e amigos de Eugênio Giovenardi, dono do sítio, se reuniram para celebrar o recebimento da placa oficial de Servidão Ambiental, prestar homenagens, e garantir a continuidade do trabalho de preservação do ambientalista.

Eugênio explica que o GDF autorizou a fixação da placa de sinalização da Área de Servidão Ambiental Perpétua em novembro de 2023, mas que, para ele, era essencial marcar uma data em que os cidadãos brasilienses pudessem reconhecer o trabalho de preservação ambiental. “O que está faltando aqui é um reconhecimento do cidadão. Como há um grupo de pessoas que se dedicam à preservação do cerrado, os convidei para celebrar as árvores — agora livres do fogo, do machado e da motosserra”, comemora.

O termo de compromisso de servidão ambiental foi homologado em agosto do ano passado pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram), que estipula as normas de preservação da área. Para o dono do sítio, o caráter perpétuo do compromisso transcende a responsabilidade individual pela terra, e exige diálogo entre estado e população.

Por Giulia Luchetta do Correio Braziliense

Foto: Divulgação / Reprodução Correio Braziliense