Integrante de organização criminosa que vitimou defensor público é presa no DF

Em agosto deste ano o grupo vitimou um defensor público do DF, e deixou um prejuízo de cerca de R$100 mil reais

0
94

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em diversas regiões administrativas do Distrito Federal, contra um grupo criminoso especializado na prática de diversos crimes fraudulentos, dentre eles o uso de documento falso, falsificação de documentos públicos, furto mediante fraude e estelionato.

Em agosto deste ano o grupo vitimou um defensor público do DF, e deixou um prejuízo de cerca de R$100 mil reais. Após o caso, a PCDF deu início às investigações que resultaram na operação da manhã desta quarta-feira (26), denominada “Defender”.

De acordo com a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), responsável pelo caso, em posse de uma das investigadas foram localizados e apreendidos vários documentos de identidade falsificados, cartões bancários e documentos diversos em nome de terceiros. A investigada foi autuada em flagrante pelos crimes de integrar Organização Criminosa e Falsificação de Documento Público.

A Operação contou com o apoio do Departamento de Polícia Circunscricional e outras Unidades Circunscricionais. O integrante da organização preso em agosto deste ano, foi condenado a uma pena de 4 (quatro) anos e 9 (nove) meses, por estelionato e furto. Na ocasião, o criminoso fazendo uso de documentos falsos, efetivou a transferência do salário de um defensor público do DF para uma conta diversa, além de efetuar um empréstimo de R$80 mil reais.

Por Tereza Neuberger do Jornal de Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Reprodução Jornal de Brasília