Ibaneis ressalta a importância de se fazer uma boa política

Apesar de inicialmente afirmar que o oponente era um “bom político” e uma “pessoa honrada”, Ibaneis teceu duras críticas à campanha de Grass

0
111

O governador reeleito no Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF), comentou que ainda não cumprimentou o segundo colocado nas eleições deste ano, Leandro Grass (PV), que teve 26,25% dos votos válidos apurados. Apesar de inicialmente afirmar que o oponente era um “bom político” e uma “pessoa honrada”, teceu duras críticas à campanha feita pelo principal adversário.

“Ele fez um trabalho muito ruim durante a campanha. Atingiu a honra das pessoas. Foram 25 ataques que ele fez que foram retirados pela Justiça Eleitoral. Infelizmente foi um trabalho negativo para a política da cidade”, criticou.

Para Ibaneis, o trabalho realizado por Grass nesta campanha é o que se deve evitar na política em geral do DF, em todas as áreas. “Quero que políticos dessa natureza sejam afastados da nossa cidade. Brasília precisa de uma boa administração e quem quer administrar o DF não precisa de ter políticos com uma qualidade tão ruim quanto foi o Leandro Grass”, reforçou.

Na relação com outros possíveis opositores dentro da Câmara Legislativa do DF (CLDF), que teve a reeleição majoritária de três candidatos de partidos historicamente adversários ao MDB – Fábio Felix e Max Maciel, do PSOL, e Chico Vigilante, do PT -, o governador adotou tom de parceria para o bem do DF.

“Sem dúvidas a relação com a CLDF será muito boa. Os projetos que vamos encaminhar serão bons para a cidade. Tenho certeza que políticos de direita e de esquerda vão apoiar os projetos que vamos encaminhar. Vamos conversar com todos eles e estou muito tranquilo com. Isso. Tenho certeza que teremos uma boa Câmara Legislativa, que vai ajudar o DF no que for necessário”, afirmou.

Nas eleições presidenciais, Ibaneis destacou que acompanha com tranquilidade. “Vamos aguardar o resultado para ser o melhor aqui para o Brasil”, disse. Sobre o Senado, que teve Damares como vencedora pelo DF, Ibaneis defendeu que a campanha da ganhadora foi positiva, garantindo a vantagem. Do lado de Flávia, a quem apoiava, ele acredita que faltaram propostas mais incisivas.

Sobre a equipe atual do governo do DF, Ibaneis adiantou que haverá mudanças dentro da gestão. “É um novo governo e precisamos renovar, ver as forças políticas que se constituíram ao longo do mandato e, a partir disso, vamos escolher as pessoas que vão caminhar conosco”, finalizou o mandatário reeleito.

Por Vitor Mendonça do Jornal de Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Vitor Mendonça do Jornal de Brasília