Ex-funcionário furta mais de R$200 mil em aparelhos na Feira dos Importados

Foram furtados cerca de 50 aparelhos. Ex-funcionário esperou feirantes encerrarem as atividades para invadir a loja.

0
89

Um ex- funcionário de uma loja de celulares na Feira dos Importados, invadiu a loja durante a madrugada e furtou mais de 50 aparelhos, entre eles iPhones e Apple Watches. De acordo com os proprietários do estabelecimento, já é a 3ª vez que a loja é furtada pelo mesmo rapaz.

O jovem de 23 anos, teria aguardado todos os feirantes encerrarem suas atividades para invadir a loja no dia 11 de setembro. Em imagens de câmeras de segurança interna do estabelecimento é possível ver o momento em que o suspeito acessa o interior da loja pelo teto, por volta das 22h30. Ele usa uma camiseta para tapar o próprio rosto e verifica o local, em seguida, vira a câmera para o teto.

O prejuízo causado foi de mais de R$200 mil reais entre iPhones e Apple Watches, que foram furtados pelo suspeito. O suspeito já trabalhou na loja e conhecia a rotina da feira. Segundo a proprietária antes de trabalhar com eles o jovem também possuía uma banca de celulares. “Com as vendas fracas, ele pediu ajuda para passar uns dias aqui na loja porque estava precisando de dinheiro, aí deixamos ele passar uns 15 dias aqui”, conta a proprietária.

Já é o terceiro furto ocorrido no estabelecimento desde que o jovem iniciou os trabalhos no local. “O primeiro furto aconteceu quando ele ainda estava aqui na loja , eu e meu esposo estávamos viajando e ele ficou na loja com a nossa funcionária, ele nos roubou um iPhone 13”, afirma a proprietária. O casal registrou um boletim de ocorrência e a polícia encontrou o aparelho furtado em posse da namorada do funcionário. Sem saber que havia sido descoberto o rapaz foi mandado embora.

Segundo os proprietários, o ex-funcionário teria feito uma cópia da chave da loja, no período em que trabalhou lá. Um novo furto aconteceu e, de acordo com os donos, o ex-funcionário esperou a loja fechar para acessar seu interior com a cópia da chave que havia feito e furtar celulares. Na ocasião foram levados cerca de 8 aparelhos.

Foi então que os donos resolveram instalar câmera de segurança e trocar todas as fechaduras do estabelecimento. O que possibilitou os registros de uma nova invasão recentemente.

O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro Velho). De acordo com os policiais, o suspeito já foi identificado e indiciado pelo crime cometido.

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Divulgação / Reprodução Jornal de Brasília