Homem é condenado por feminicídio em bar no DF

Segundo o processo, Marcos Antonio Pires de Brito assediou um grupo de mulheres que estavam em um bar no Setor Sul do Gama, em 2021

0
70

Um homem foi condenado, nesta terça-feira (21/09), a 13 anos e seis meses de prisão após assassinar uma mulher que reagiu ao assédio em um bar.

Segundo o processo, Marcos Antonio Pires de Brito assediou um grupo de mulheres que estavam em um bar no Setor Sul do Gama, em 2021. Indignadas, as vítimas reagiram e iniciaram uma briga com o criminoso.

Além das mulheres, outros clientes do local também se envolveram na discussão. Marcos foi expulso do bar e prometeu voltar armado.

Voltando ao bar com uma faca, o assassino voltou a assediar as mulheres do local. Ao tentar passar a mão no corpo de Sheila Silva Resende, uma briga generalizada começou e Marcos esfaqueou a vítima, que morreu no local.

Os jurados do caso aceitaram a qualificadora apresentada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) de motivo torpe.

Além da prisão, a justiça também determinou o pagamento de uma indenização mínima de R$ 20 mil à família de Sheila pelos danos morais sofridos.

Apesar de se tratar de matéria cível, o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) é que a solicitação de indenização pode constar da denúncia apresentada pela Promotoria de Justiça e ser decidida pelo juízo criminal.

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Reprodução Jornal de Brasília