Segundo viaduto da ESPM será liberado na segunda (15/08)

Nesta sexta-feira (12/08), o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) visitou a obra, que está recebendo os ajustes finais

0
146

O segundo viaduto da Estrada Setor Policial (ESPM) será liberado na próxima segunda-feira (15) para o trânsito da população.

Nesta sexta-feira (12), o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) visitou a obra, que está recebendo os ajustes finais. Cerca de 20 mil pessoas passarão pelo local diariamente.

No mês passado, o viaduto 62, que liga o Setor Policial Sul ao Eixo W, conhecido como “Eixinho de cima”, foi liberado após obras.

Com a entrega de ambos as vias, a obra geral se aproxima de sua conclusão, restando apenas a execução do pavimento rígido para os ônibus.

Os viadutos da ESPM fazem parte das obras do Corredor Eixo Oeste e vão beneficiar cerca de 20 mil motoristas diariamente. Nesta obra foram investidos R$ 9,1 milhões e gerados 80 empregos.

“Essa é mais uma obra de infraestrutura que estamos entregando. Brasília ficou parada durante muito tempo e agora estamos finalizando os viadutos para voltar o trânsito à normalidade. É importante destacar que essa obra faz parte do Corredor Eixo Oeste onde estamos investindo mais de R$ 550 milhões, ligando o Sol Nascente ao Plano Piloto, passando por Taguatinga e Ceilândia”, explica Ibaneis.

Corredor Eixo Oeste

O Corredor Eixo Oeste será uma conexão de aproximadamente 30 quilômetros de extensão entre o Sol Nascente e a área central do Plano Piloto, passando pelas avenidas Hélio Prates e Comercial Norte, centro de Taguatinga e EPTG, e se desmembrando em duas: a Epig e a ESPM (Setor Policial Sul).

No total, o GDF está investindo mais de R$ 550 milhões na execução do projeto, se somados a construção do Túnel de Taguatinga, as duas etapas da reforma da Avenida Hélio Prates, o viaduto Luiz Carlos Botelho (Epig/Sudoeste), e as requalificações da Epig e da ESPM.

“São mais de R$ 550 milhões de investimentos, mas quando assumimos só tinha R$ 15 milhões executados. O nosso governo contratou 100% do valor previsto. Recentemente, assinamos o contrato do corredor de ônibus da Epig, serão R$ 156 milhões de investimentos, temos o viaduto da Epig que está adiantado, o Túnel de Taguatinga, a Hélio Prates. Temos um corredor que agora está praticamente todo em execução. Para 3 anos e 8 meses de governo é muito positivo”, detalha o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Divulgação