Cidade da Segurança Pública retira carcaças do Recanto das Emas

Com quase 1.000 veículos abandonados retirados das ruas do Distrito Federal, operação chega à 3ª edição na cidade para ajudar no combate à dengue e contribuir com a sensação de segurança da população

9

Mais de 900 veículos abandonados retirados das 23 regiões administrativas resultou em melhoria na qualidade de vida para os habitantes, promovendo saúde, tranquilidade e uma cidade cada vez mais limpa para a população de todo DF. A ação preventiva contra a dengue e a criminalidade, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), por meio da Operação DF Livre de Carcaças, retirou 15 carcaças do Recanto das Emas nesta sexta-feira (10). A operação, desta vez, faz parte das ações da Cidade da Segurança Pública, que ocorre até o próximo domingo (12) na região.

Iniciada em fevereiro de 2020, a ação itinerante retirou 903 carcaças abandonadas em áreas públicas de 23 regiões administrativas do DF. Além de contribuir com a sensação de segurança da população, o DF Livre de Carcaças visa eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, que é transmissor de dengue, zika e chikungunya.

A identificação dos carros abandonados ocorre por meio da parceria com os Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs), administrações regionais e também por meio do envio de informações para o e-mail conseg@ssp.df.gov.br. O veículo deve apresentar características como material abandonado, carro aberto e vidros quebrados, por exemplo.

A DF Livre de Carcaças é realizada em parceria com as secretarias executivas das Cidades e de Políticas Públicas, DF Legal, Departamento de Trânsito (Detran-DF), Polícia Militar do DF (PMDF), Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), Secretaria de Saúde (SES) e Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

*Com informações do Detran-DF

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Divulgação/SSP-DF