Unidade móvel oferece exames de paternidade e DNA no Jardins Mangueiral

Carreta do Na Hora fica até sexta-feira (10), no Centro de Práticas Sustentáveis, com 14 serviços de órgãos como Caesb, Procon, Polícia Civil e Defensoria Pública

10

Moradores de São Sebastião, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral e têm até esta sexta-feira (10) para aproveitar os serviços do governo com mais agilidade e próximo de suas residências. Isso porque a unidade móvel do Na Hora está na região, mais precisamente no Centro de Práticas Sustentáveis, no Jardins Mangueiral, com atendimento das 9h às 17h.

A carreta oferece serviços da Caesb, Neoenergia, Secretaria de Economia, Detran, BRB (mobilidade e conveniência), Procon, Polícia Civil e Defensoria Pública. O agendamento da emissão do RG e serviços de investigação de paternidade, exames de DNA, guarda (regulamentação ou alteração) e divórcio (consensual ou litigioso) são algumas das opções para quem procurar a unidade móvel. Corte de cabelo e aferição de temperatura também podem ser feitos no local.

Uma das pessoas a procurar a estrutura foi a aposentada Maria do Carmo, de 83 anos. Há seis anos ela mora no Jardins Mangueiral e aproveitou a chegada da carreta para agendar a emissão de RG dos netos Rafael, 14 anos, e Cauã, 10. “Adorei a iniciativa. Moro aqui perto, e fica mais fácil para agendar o serviço. Não troco o Jardins Mangueiral por nada e acho legal que essa iniciativa vá para outras cidades”, disse.

Já o barbeiro Arthur Alcides, 18 anos, aproveitou a carreta para, justamente, cortar o cabelo. “Muita gente não tem condições de se deslocar ou até de arcar com serviços. Esse tipo de ação agiliza a vida de quem precisa”, avalia.

Adquirida em 2021, a carreta  faz parte de ações do GDF para modernizar e melhorar a prestação dos serviços do Na Hora. Desde que foi inaugurada, em fevereiro deste ano, a unidade móvel já realizou mais de 10 mil atendimentos e passou por Samambaia, Ceilândia, Sol Nascente, Recanto das Emas, Itapoã, São Sebastião, Estrutural, Planaltina, Incra 9, Varjão, Guará e Sobradinho II.

“A carreta viabiliza esse movimento em todo o DF, atendendo a população. É, sem dúvida, um dos serviços mais democráticos do governo. Contamos com 14 parceiros aqui, hoje, prestando serviços essenciais para a população, percorrendo uma cidade diferente a cada semana”, afirma o secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana.

Infraestrutura para Jardins Mangueiral

Inaugurado com pouca infraestrutura, aos poucos Jardins Mangueiral tem sua realidade transformada com a chegada de equipamentos públicos. O primeiro foi a unidade básica de saúde (UBS) inaugurada em maio de 2021, com alcance de atendimento a 20 mil pessoas.

Em maio deste ano, o GDF iniciou a construção da primeira escola pública do Jardins Mangueiral. A unidade terá dois pavimentos, 18 salas de aula e capacidade para atender 1.320 estudantes do sexto ao nono ano, em dois turnos. Com investimento de R$ 11,9 milhões, a obra tem previsão de ser concluída em setembro de 2023.

Além dessa escola, foram licitadas as obras do Centro de Ensino Fundamental (CEF), destinado a alunos do sexto ao nono ano, e de uma escola classe, que vai do primeiro ao quinto ano, ambas para começarem a sair do papel ainda em 2022. Também está em processo de licitação a construção de um Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi) para atender crianças de 4 meses a 3 anos de idade.

Outras obras vêm sendo executadas e planejadas para a região. A reforma da DF-463, principal via de ligação ao Plano Piloto, é uma delas. Em dezembro do ano passado, o governador Ibaneis Rocha autorizou a duplicação da EPCT (DF-001), no trecho entre a DF-027 e a DF-025, em uma área onde há muitos condomínios residenciais.

Além dessa obra, que está em andamento, o GDF entregou trecho da duplicação da DF-140 e prepara-se para lançar a obra do viaduto do Jardim Botânico, na altura do Balão da Escola Superior de Guerra, antiga Escola de Administração Fazendária (Esaf). Investimentos que, somados, ultrapassam os R$ 70 milhões.

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto

Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília