Abertas 250 vagas para o programa ‘Filhos deste Solo’

Empreendedores rurais serão qualificados em cursos de gestão de negócios e desenvolvimento

1043

Empreendedores rurais, entre 15 e 29 anos, poderão se inscrever, a partir de 22 de maio até o dia 4 de junho de 2021, em 250 vagas oferecidas em curso on-line pela organização social Aliança Empreendedora. A capacitação é promovida por uma parceria entre a Emater e a Secretaria de Empreendedorismo do DF.

A inciativa faz parte do programa Filhos deste Solo, que beneficia jovens e adultos responsáveis por atividades empreendedoras no meio rural em busca de geração de renda e interessados em ampliar o potencial dos seus negócios.

A formação será entre 7 e 16 de junho, via WhatsApp, com acompanhamento de especialistas da Aliança Empreendedora. Serão fornecidos conteúdos exclusivos sobre gestão de negócios e desenvolvimento do autoconhecimento do empreendedor.

“É mais um passo para a melhoria do ambiente de negócio rural que estamos desenvolvendo por meio das diversas ações de forma concomitante”Amós Batista, secretário de Empreendedorismo

Empreender na crise

Um dos motivos para a oferta do curso é o fato de que, em momentos de crise econômica e social, o empreendedorismo historicamente se apresenta como opção e necessidade para pessoas que estão buscando renda, e em 2020 não foi diferente. De acordo com os dados disponibilizados pela pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2020/2021 com o Sebrae Nacional, 23,5% da população adulta recorreu ao empreendedorismo para criar o próprio trabalho.

“A Secretaria de Empreendedorismo e a Emater já vinham conversando sobre essa parceria, e a entrada da Aliança Empreendedora no eixo dessas ações apenas fortaleceu ainda mais esse laço que construímos”, afirmou o secretário de Empreendedorismo do DF, Amós Batista. “É mais um passo para a melhoria do ambiente de negócio rural que estamos desenvolvendo por meio das diversas ações que já estão acontecendo de forma concomitante”, emendou.

“É parte da nossa missão oferecer as condições para que os jovens tirem seus sonhos do papel e desenvolvam negócios prósperos e sustentáveis”Denise Fonseca, presidente da Emater-DF

Segundo o dirigente da pasta, o edital  Pró-Rural/DF, publicado em janeiro deste ano,  foi, sem dúvida, o primeiro grande passo para atração de investimentos e fomento para geração de mais empregos e renda. “Agora, estamos trazendo parcerias com foco na capacitação do empreendedor rural, e isso é só o começo do que ainda tem para vir”, projetou,  reforçando que a Secretaria tem outras ações planejadas para dar prosseguimento à sua missão em 2021.

No bloco dessa mocidade

Para a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca,  o curso é mais um passo que o Governo do Distrito Federal dá no sentido de qualificar o jovem do campo para o empreendedorismo. “É parte da nossa missão oferecer as condições para que os jovens tirem seus sonhos do papel e desenvolvam negócios prósperos e sustentáveis”, reforçou.

“Eu vou no bloco dessa mocidade que segue em frente, não foge da raia e segura o rojão”, brincou a dirigente da empresa pública, citando trecho da música “E Vamos À Luta”, do cantor e compositor Gonzaguinha (1945-1991) para destacar a força do jovem da zona rural.

“Estamos unidos e compartilhando do mesmo objetivo: mostrar aos jovens que moram no campo que é possível, sim, viver e empreender onde eles já residem. Hoje a área rural representa cerca de 70% do território do Distrito Federal. Temos quer criar emprego e renda nessas comunidades, e o empreendedorismo é a melhor saída”, apontou o subsecretário de Fomento ao Empreendedorismo do DF, Danillo Ferreira.

Inscrições

Para fazer inscrições, clique aqui.

*Com informações da Secretaria de Empreendedorismo

Por Agência Brasília com informações de Sandra Barreto da Gazeta do DF

Foto: Reprodução Agência Brasília