Príncipe saudita Mohamed Bin Salman anuncia iniciativa verde saudita e iniciativa verde do Oriente Médio

1876

Príncipe Herdeiro Mohammed Bin Salman anunciou em 27 de Março de 2021 a Iniciativa Verde Saudita e a Iniciativa Verde do Oriente Médio. As duas iniciativas, que serão lançadas em breve, irão moldar as pretensões do Reino de proteger a terra e a natureza, e contribuirão fortemente em alcançar os objetivos globais, como exemplo:

Iniciativa Verde Saudita

O Reino trabalhará através da Iniciativa Verde Saudita para aumentar os números de cobertura vegetal, reduzir a emissão de carbono, combater a poluição e a degradação do solo, assim como preservar a vida marinha.

A iniciativa envolverá uma série de iniciativas:

–          Plantação de (10 Bilhões) de árvores nas próximas décadas.

–          Reabilitar o equivalente a 40 milhões de hectares de solo degradado.

–          Aumentar em 12 vezes a cobertura de árvores em comparação com os cenário atual.

O Reino também irá trabalhar em aumentar a percentagem de áreas protegidas para mais de (30%) de sua área total, representando exatamente (600,000) quilômetros quadrados, excedendo o alvo global atual em 17%.

Lançará uma série de iniciativas ambiciosas para proteger a vida marinha e o ambiente costeiro.

A Iniciativa Verde Saudita pretende reduzir as emissões de carbono em mais de 4% da contribuição global, através de um ambicioso programa de energia renovável que irá aumentar a parcela de energias renováveis para até 50% em 2030.

Iniciativa Verde do Oriente Médio

O Reino irá começar a trabalhar na Iniciativa do Oriente Médio em coordenação com os países irmãos vizinhos que participam do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) e também com os outros estados do Oriente Médio para plantar mais 40 Bilhões de árvores no Oriente Médio.

Este programa regional abrange no total a plantação de 50 Bilhões de árvores, sendo o maior programa de reflorestamento do mundo, duas vezes maior que a Grande Muralha Verde do Saara (A segunda maior iniciativa regional).

O Reino trabalhará com os parceiros regionais repassando nosso conhecimento e compartilhando nossas experiências, que irão contribuir para reduzir as emissões de carbono, resultando também numa produção superior a 60% de hidrocarboneto na região.

Com informações oficiais do Reino Saudita.

Por Fabiana Ceyhan do Brasília in Foco com informações de Sandra Barreto da Gazeta do DF

Foto Reprodução