Padrasto é preso suspeito de estuprar e matar enteada de 4 anos no DF

Os socorristas e os militares do Corpo de Bombeiros foram os responsáveis por acionar a Polícia Militar, após constatar sinais de abuso e violência sexual na criança

0
841

Um homem de 22 anos foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) acusado de estuprar e matar a enteada, uma criança de 4 anos, na manhã desta segunda-feira (5/2). Segundo informado pela corporação, a menina sofreu uma parada cardíaca e as equipes de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentaram reanimar a vítima por cerca de uma hora, mas ela não resistiu.

Os socorristas e os militares do Corpo de Bombeiros foram os responsáveis por acionar a Polícia Militar, após constatar sinais de abuso e violência sexual na criança. O Correio apurou que a mãe da criança havia saído para trabalhar horas antes e deixou a filha aos cuidados do companheiro.

Após quase uma hora de tentativas de reanimação, a criança morreu no local. O laudo preliminar da polícia também indicou violência sexual, o que reforçou a autoria do rapaz. Ele foi preso em flagrante. O caso é investigado pela 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul).

https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2024/01/6789580-correio-braziliense-tem-canal-no-whatsapp-saiba-como-se-inscrever.html

Por Darcianne Diogo do Correio Braziliense

Foto: Reprodução / Reprodução Correio Braziliense